sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Poesia da minha irmã - Frico Giacomo

-Mais poesias

Uma parceria e homenagem com Marina Di Giacomo

Minha irmã pensa que
É um risco abstrato
Numa natureza morta
Num dia em que chovem
Lírios e metais pesados

Acho esse pensamento equivocado

Nossa família parece toda
Uma natureza coloridamente abstrata
Rodeada de uma sociedade morta
Que ignora
Mas lá fora
A Esperança chove
E seria bom que a gente
Se deixa-se banhar um pouco

E ser - então
borrão

-Drogas

Frico já foi punk, anarquista, jornalista, baixista, poeteiro, ator, filho, namorado, corno, cafajeste, culpado e inocente. Mas nunca deixou de escrever e sonhar. Tudo isso no blog Punk Brega

2 comentários:

Marina disse...

Fiquei emocionada irmão querido! :'D
TE AMO
Beijos

Energizaizer's Corporation disse...

boa! família é.