terça-feira, 2 de junho de 2009

Luar do Sertão - Jáder Rocha

Jáder avisa: "Tirei da varanda de casa"

-Quer ler os textos do Clube de Ideias de Penápolis? Clique aqui!

"Oh que saudade do luar da minha terra
Lá na serra branquejando, folhas secas pelo chão
Este luar cá da cidade tão escuro
Não tem aquela saudade, do luar lá do sertão!
Se a lua nasce por detras da verde mata
Mais parece um sol de prata, prateando a solidão
E a gente pega na viola e ponteia
E a canção e a lua cheia, a nascer no coração

Não há, ó gente, oh! Não, luar como esse do sertão

Quando vermelha no sertão desponta a lua
Dentro da alma flutua, tambem rubra nasce a dor
E a lua sobe e o sangue muda em claridade
E a nossa dor muda em saudade
Branca assim da mesma cor

Música de Catulo da Paixão Cearense / João Pernambuco"

Jáder Rocha é professor há milênios e não se conforma com os rumos que a educação tomou no Brasil. Fundou seu imaginário Clube de Ideias na pequena cidade de Penápolis, onde discutia política, filosofia e educação. Anda em falta com os textos, mas nos manda este retrato do luar do sertão.

=>Mande você também suas fotos e textos para clube.ideias@gmail.com

5 comentários:

Bárbara disse...

Jáder! Fotografe tbm o sol e o céu azul - coisas que a gente não consegue ver mto em SP.
beijos Bárbara

Jáder disse...

Gostei da foto e o poema /musica no blog abraços

Renata, Odara disse...

Hey, Jáder, quantos luares penapolenses não vimos juntos, hein, bicho?

Anônimo disse...

Um tanto escapista.

Marina disse...

Linda LUA leva ao longe...